fbpx

Cerca de 30% dos portugueses só vão ao médico dentista em caso de urgência

Barómetro da Saúde Oral mostra que o número mantém-se estável há pelo menos seis anos

Há 6,8% de portugueses que nunca vão a consultas de medicina dentária e 24,8% que só vão em caso de urgência. Juntos perfazem 31,6%, ou seja, há quase um terço de portugueses que nunca visitam o médico dentista ou apenas o fazem em situação de extrema necessidade.

É um número que se mantém quase inalterado desde que o Barómetro da Saúde Oral começou a ser realizado em 2014.

Dos 31,6% de portugueses que nunca vão ao médico dentista ou só vão em caso de urgência, 65,3% afirmam não ter necessidade, um aumento de quase 12% em relação ao ano passado, e 22,8% alegam não ter capacidade financeira, uma redução de 8,9% face à última edição.

87,4% dos inquiridos revelaram que mantiveram o número de idas ao médico dentista e 8,4% dizem ter aumentado. Apenas 4,1% dos que responderam ao Barómetro revelam ter diminuído as consultas de medicina dentária, por comparação com os 7,2% registados no ano passado.

De assinalar que 51,2% dos inquiridos nunca mudaram de médico dentista e demoram, em média, 14 minutos a chegar ao consultório.

O Barómetro é realizado pela consultora independente QSP para a Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) e tem validade estatística.

35.7% Dos portugueses não visitam o médico dentista há mais de um ano.

Ainda que os resultados mostrem que os portugueses estão a ir ao médico dentista com maior regularidade, não são novos doentes, são doentes habituais que aumentaram a regularidade das visitas aos consultórios de medicina dentária.

Este aumento pode ser explicado pela subida de pacientes com seguros ou planos de saúde, que em 2014 eram apenas 4% e agora já chegam aos 15%.

E se há seis anos, 72% dos inquiridos consideravam a medicina dentária como uma área mais cara que as outras áreas da saúde, nesta edição o número caiu para 54%.

Apenas 31% dos portugueses têm a dentição completa e quase 10% têm falta de todos os dentes.

Se o número de portugueses sem dentes naturais mantém-se em linha com edições anteriores, hoje já existe maior probabilidade de terem dentes substitutos.

48.6% Dos portugueses com falta de dentes naturais não têm dentes de substituição; em 2014 eram 56,1%.

Gostou? Partilhe o nosso artigo :) Obrigado

O QUE DIZEM OS NOSSOS PACIENTES

“A simpatia da equipa multidisciplinar e a delicadeza do corpo clínico, transmitem a confiança necessária para voltar sempre com a certeza que será sempre uma boa experiência.”

Daniel Pinhal

“Para mim a clínica Santa Maria Adelaide é sinónimo de confiança,profissionalismo e simpatia.

Agradeço o empenho de todos os que lá trabalham e com a certeza que voltarei sempre”

Carla Machado

Horário de funcionamento

Segunda a Sexta13:00 – 21:00

  +351 911 949 443

Localização

Marcar Consulta

2021-01-18T13:42:05+00:00
Go to Top