fbpx

“Sonhe” enquanto permanece consciente

Através da hipnose nós "sonhamos"
enquanto permanecemos conscientes.

O “transe hipnótico” corresponde a uma modificação normal da vigilância  – aquela que nos permite raciocinar e viver no dia a dia.
Mas tem as suas características: em um ambiente monótono onde nada acontece, onde os estímulos são fracos, o nosso cérebro está “carente” de informação. Ele então começa a produzi-lo desenhando imagens de nosso inconsciente.

Além disso, ao contrário do estado de alerta normal, em que a atenção abrange muitas áreas de interesse ao mesmo tempo e alterna rapidamente entre elas, ela se concentra, na hipnose, num assunto muito mais amplo. É assim que, aos poucos, a pessoa hipnotizada se esquece da realidade externa para entrar numa realidade interna, mas viverá como externa.

A única exceção: a voz do hipnotizador continua a ser ouvida. As suas palavras tornam-se um estímulo muito especial que aumenta o poder da sugestão. Isso causa alterações psicológicas ou fisiológicas incomuns (desaparecimento imediato da dor aguda, etc.).

 

 

Inúmeros estudos mostraram que a sugestão hipnótica induz respostas neurológicas.

A dor crônica ou aguda, no seu aspecto mais subjetivo – ansiedade, cujas fontes estão realmente ancoradas na própria mente, ou mesmo fobias, que desencadeiam a imaginação além do razoável – pode ser apaziguada através da prática da hipnose, o que ajudará gradualmente a orientar a atenção.

A dor está aí, sofrida pelo corpo, mas o espírito consegue se mover nessa direção.

Todos podem ser hipnotizados?

De acordo com a escala de “Sugestibilidade hipnótica” da Stamford University, 5%  somos resistentes à hipnose e apenas 10% conseguem entrar em hipnose profunda rapidamente. 

  • Diferentes técnicas de hipnose:
    • Tradicional: o hipnotizador desempenha um papel de liderança – ele dirige a sessão.
    • Semi-tradicional: o hipnotizador, sempre em primeiro plano, faz sugestões “diretas” e “indiretas”.
    • Nova: O foco é a pessoa e sua relação com seu terapeuta, por meio de trocas, comunicação.
  • Ericksonian: O paciente participa da sua condição hipnótico.

A Hipnose é um processo de três fases, dura de alguns minutos a mais de uma hora.

Antes de qualquer sessão de hipnose, um pré-requisito essencial: o paciente e o hipnoterapeuta concordam com o objetivo da sessão. Por exemplo, enfrentar uma fobia, preparar-se para um teste ou aliviar um estado de stress. 

1) A fase de indução. O objetivo é deixar-se envolver pelas suas percepções e imaginação, abandonando as preocupações do momento e dedicando-se ao “aqui e agora”. A respiração acalma-se e os músculos relaxam.

2) O transe hipnótico ou fase de trabalho. O espírito da pessoa passou pelas portas de uma bolha onde caminha em direção à missão que se propôs.

3) A fase de saída. Por meio de uma contagem regressiva ou da percepção redescoberta do lugar, a pessoa retorna à realidade do momento. Um relato não é essencial, a própria experiência vivida traz um benefício que não requer necessariamente uma análise adicional.

O hipnoterapeuta atua como um guia protetor.

Que precauções você deve tomar quando quiser fazer hipnose?

Cada pessoa é única, e às vezes leva tempo e é preciso encontrar a técnica adequada. O ingrediente essencial é o paciente.

Funciona para:

– Cessação do tabagismo: taxa de sucesso de 80%.

– Excesso de peso e bulimia: desempenha um bom papel de apoio psicológico nos tratamentos de emagrecimento.

– Alívio da dor: não substitui a anestesia, mas pode complementá-la e reduzir as doses dos medicamentos. 

– Distúrbios psicológicos: stress, fobias, ansiedade, mas também impotência, frigidez, problemas com medo do palco, memória, etc.

– Distúrbios digestivos: úlceras ou colite.

– Doenças psicossomáticas: doenças de pele, rinite recorrente, distúrbios da voz e do canto, asma.

Hipnose não é recomendado para pessoas com transtornos psicóticos graves: esquizofrenia, paranóia, depressão maníaca.

Gostou? Partilhe o nosso artigo :) Obrigado

O QUE DIZEM OS NOSSOS PACIENTES

“A simpatia da equipa multidisciplinar e a delicadeza do corpo clínico, transmitem a confiança necessária para voltar sempre com a certeza que será sempre uma boa experiência.”

Daniel Pinhal

“Para mim a clínica Santa Maria Adelaide é sinónimo de confiança,profissionalismo e simpatia.

Agradeço o empenho de todos os que lá trabalham e com a certeza que voltarei sempre”

Carla Machado

Horário de funcionamento

Segunda a Sexta13:00 – 21:00

  +351 911 949 443

Localização

Marcar Consulta

2021-08-15T20:05:09+00:00
Go to Top